Caderno de Questões - ENGENHARIA CIVIL - Aglomerantes e Agregados, Alvenarias, Esquadrias, Revestimentos, Imperm. e Coberturas - Questões Resolvidas e Comentadas de Concursos (2014 - 2017) - 2º Volume

Caderno de Questões - ENGENHARIA CIVIL - Aglomerantes e Agregados, Alvenarias, Esquadrias, Revestimentos, Imperm. e Coberturas - Questões Resolvidas e Comentadas de Concursos (2014 - 2017) - 2º Volume

Fabricante: Didática Editorial
Modelo: AAAERIC.02
Disponibilidade: Em Estoque
Preço: R$ 59,90
Qtd:  

Especificação

Livros
Nº de Páginas 214
Formato do Papel A5 - 14,8x21 cm
Capa Colorida
Conteúdo Preto e Branco
Encadernação Brochura

ESTE CADERNO DE QUESTÕES, EM TAMANHO A5, AGREGA QUESTÕES RESOLVIDAS E COMENTADAS DE AGLOMERANTES E AGREGADOS, ALVENARIAS, ESQUADRIAS, REVESTIMENTOS, IMPERMEABILIZAÇÕES E COBERTURAS, DE CONCURSOS DE ENGENHARIA CIVIL, DOS ANOS DE 2014 A 2017. 

NÃO REPETIMOS QUESTÕES RESOLVIDAS E COMENTADAS DE OUTROS MATERIAIS ANTERIORMENTE ELABORADOS. AS QUESTÕES QUE INTEGRAM ESTE MATERIAL NÃO CONSTAM NOS VOLUMES 1,2,3,4 E 5 DE ENGENHARIA CIVIL.

Este material tem por objetivo servir de apoio para aqueles que prestam concursos públicos na área de Engenharia Civil. São 195 questões resolvidas e comentadas (AGLOMERANTES E AGREGADOS, ALVENARIAS, ESQUADRIAS, REVESTIMENTOS, IMPERMEABILIZAÇÕES E COBERTURAS), com o propósito de fazer com que o leitor entenda de forma clara e objetiva o assunto. Tendo em conta a dificuldade de encontrar material disponível na área e a extensa lista de conteúdos exigida para os concursos, a intenção é que através deste material, o leitor consiga aprofundar conceitos, entrar em contato com o que está sendo exigido e se preparar para as provas escolhidas.


DADOS DA OBRA

ELABORAÇÃO: MARCIO DE FREITAS
COLABORAÇÃO: ROBSON CASTRO OLIVEIRA
CAPA: ADRIANO AMADEU


QUESTÕES DE AGLOMERANTES E AGREGADOS, ALVENARIAS, ESQUADRIAS, REVESTIMENTOS, IMPERMEABILIZAÇÕES E COBERTURAS DAS PROVAS:
 
TRF-2 - CONSULPLAN - 2017;
TRT-11 - FCC - 2017;
UECE - FUNECE - 2017;
INCA - IDECAN - 2017;
EBSERH_HUJB_UFCG - AOCP - 2017;
CORPO DE BOMBEIROS-DF - IDECAN - 2017;
ALERJ-FGV - 2017;
POLÍCIA CIENTÍFICA-PR - IBFC - 2017;
UFF - COSEAC - 2017;
EBSERH_HUGG_UNIRIO - IBFC - 2017;
EBSERH_HRL_UFS - AOCP - 2017;
IF-PE - IF-PE - 2017;
PREF.S.LUIS-MA - CESPE - 2017.
 
CODEBA - FGV - 2016;
EBSERH_HUAP_UFF - IBFC - 2016;
FUNAI - ESAF - 2016;
EBSERH_CH_UFPA - AOCP - 2016;
IBGE - FGV - 2016;
POL.CIENTIFICA-PE - CESPE - 2016;
MP-SP - VUNESP - 2016;
AL-MS - FCC - 2016;
TCE-PR - CESPE - 2016;
SEGEP-MA - FCC - 2016;
UFSCAR - UFSCAR - 2016;
UNIFESPA - UFPA - 2016;
FUB - CESPE - 2016.
 
COPEL - UFPR - 2015;
DPE-MT - FGV - 2015;
DPE-RR - FCC - 2015;
TRE-RS - CESPE - 2015;
DPE-SP - FCC - 2015;
MPE-RS - MPE-RS - 2015;
STJ - CESPE - 2015;
DPE-RO - FGV - 2015;
EBSERH_CHC_UFPR - IBFC - 2015;
TRE-RR - FCC - 2015;
UF-MS - UF-MS - 2015;
EBSERH_HE_UFSCAR - AOCP - 2015;
TELEBRAS - CESPE - 2015.
 
TJ-AP - FCC - 2014;
TJ-CE - CESPE - 2014;
TJ-GO - FGV - 2014;
TJ-SE - CESPE - 2014;
TRF-3 - FCC - 2014;
TRF-19 - FCC - 2014;
SAAE-SÃO CARLOS - VUNESP - 2014;
SEAP-SP - VUNESP - 2014;
CAM.MUNICIPAL.RECIFE-PE - FGV - 2014;
SUFRAMA - CESPE - 2014;
METRO-SP - FCC - 2014;
UNIFESP - VUNESP - 2014;
CREA-GO - INEA - 2014.
 
 
Segue abaixo a resolução de uma questão para demonstrar como o material foi elaborado:
 
21.(TRF-2/CONSULPLAN/2017) O gesso é um aglomerante largamente empregado na construção civil em geral. Quanto às suas propriedades, assinale a alternativa INCORRETA.
A) Resistência mecânica: as pastas de gesso, depois de endurecidas, atingem a resistência a tração entre 0,7 e 3,5 MPA e à compressão entre 5 e 15 MPA.
B) Isolamento: as pastas endurecidas de gesso gozam de excelentes propriedades de isolamento térmico, isolamento acústico e impermeabilidade do ar. Sua condutibilidade térmica é muito fraca (0,40 cal/h/cm²/ºC/cm), cerca de 1/3 do valor para o tijolo comum.
C) Pega: o gesso misturado com água começa a endurecer em razão da formação de uma malha imbricada, de finos cristais de sulfato hidratado. Depois do início da pega, o gesso continua a endurecer, ganhando resistência em um processo que pode durar semanas.
D) Aderência: as pastas de argamassa de gesso aderem muito bem ao tijolo, pedra, ferro e madeira. A aderência ferro-gesso, embora traduza uma compatibilidade físico-química entre os dois materiais, tem, infelizmente, o defeito de ser instável, permitindo a corrosão do metal. Não se pode fazer gesso armado como se faz com o cimento (para concretos). Todavia, a estabilidade é alcançada quando se faz a armadura com ferro galvanizado.
 
Resolução:
Alternativa A – Correta: o gesso endurecido possui densidade aparente baixa, da ordem de 1000 kg/m³. Este valor, dependendo da porosidade do material, pode ser ainda menor (800 kg/m³). As pastas de gesso, depois de endurecidas, atingem resistência à tração que varia aproximadamente de 0,7 a 3,5 MPa e à compressão entre 5,0 e 15,0 MPa. O gesso possui excelentes propriedades de isolamento térmico-acústico e de impermeabilidade ao ar.
Alternativa B – Correta: As pastas endurecidas de gesso gozam de excelentes propriedades de isolamento térmico, isolamento acústico e impermeabilidade ao ar. Sua condutibilidade térmica é muito fraca (0,40 cal/h/cm²/°C/cm), cerca de 1/3 do valor para o tijolo comum. O gesso é material que confere aos revestimentos com ele realizados considerável resistência ao fogo. A água de cristalização é eliminada pelo calor, reduzindo o material superficial à condição de pó (sulfato anidro), que não sendo removido, atua como um isolador que protege a camada inferior do gesso.
Alternativa C – Correta: o gesso quando misturado com a água começa a endurecer em razão da formação de uma malha imbricada, de fios de cristais de sulfato hidratado. Depois do início da pega, o gesso, tal como os outros materiais aglomerantes, continua a endurecer, ganhando resistência, num processo que pode durar semanas. A velocidade de endurecimento das massas de gesso depende de fatores como temperatura, tempo de calcinação, finura, quantidade de água de amassamento e presença de impurezas ou aditivos.
Alternativa D – Incorreta: as pastas e argamassas de gesso aderem muito bem ao tijolo, pedra e ferro; e aderem mal às superfícies de madeira. A aderência ferro-gesso, embora traduza uma compatibilidade físico-química entre os dois materiais, tem, infelizmente, o defeito de ser instável, permitindo a corrosão do metal. Não se pode fazer gesso armado como se faz cimento armado. Quando for necessário armar as placas de gesso, deverá ser feito com fibras sintéticas, tecidos ou fios galvanizados.
Alternativa D é Incorreta.
 
 
 

DOWNLOAD DE MAIS QUESTÕES DEMONSTRATIVAS

 

ÍNDICE

Comentários (0)

Fazer um comentário

Seu Nome:


Seu Comentário: Obs: Não há suporte para o uso de tags HTML.

Avaliação: Ruim           Bom

Digite o código da imagem:



Tags:

DIDATICA EDITORIAL - CNPJ 12.834998/0001-09 - Alameda Doutor Carlos de Carvalho, 655, Loja 11 - Centro - 80430-180 - Curitiba/PR - Telefones: (41) 3408-9972 - (41) 9702-0059 TIM - Funcionamento das 9:30 as 18 horas em dias uteis - Lepchak Design

Assine nossa Newsletter