ENGENHARIA ELÉTRICA - Questões Resolvidas e Comentadas de Concursos (2006-2007) - 1º VOLUME

ENGENHARIA ELÉTRICA - Questões Resolvidas e Comentadas de Concursos (2006-2007) - 1º VOLUME

Fabricante: Didática Editorial
Modelo: ELET. 01
Disponibilidade: Em Estoque
Preço: R$ 79,90
Qtd:  

Especificação

Livros
ISBN 978-85-66776-07-2
Nº de Páginas 204
Formato do Papel A4 - 21x29,7 cm
Capa Colorida
Conteúdo Preto e Branco
Encadernação Brochura

Dispomos de nossos materiais somente na forma impressa, sendo enviados pelos correios ou retirados pessoalmente em nosso endereço comercial em Curitiba/PR.

Este material tem por objetivo servir de apoio para aqueles que prestam concursos públicos na área de Engenharia Elétrica. São 395 questões resolvidas e comentadas, todas referentes aos conhecimentos específicos, com o propósito de fazer com que o leitor entenda de forma clara e objetiva o assunto. Tendo em conta a dificuldade de encontrar material disponível na área e a extensa lista de conteúdos exigida para esses concursos, a intenção é que através deste material, o leitor consiga aprofundar conceitos, entrar em contato com o que está sendo exigido e se preparar para as provas escolhidas.


DADOS DA OBRA

ELABORAÇÃO: MÁRCIO DE FREITAS
COLABORAÇÃO: ÁLVARO AUGUSTO WALDRIGUES DE ALMEIDA; ANDRÉA LÚCIA COSTA; EVERSON TOYOMI KAKIZAKI; FÁBIO YUKIO HIEDA; FÁBIO MANOEL BAPTISTA DE MENEZES ANTUNES; FERNANDO AUGUSTO TAKASHI FUJIMOTO; FILIPE MASSAO NODA; HENRI OBERG TORTATO; ÍTALO RAMOS ARIEDE; MATEUS ALVES DE OLIVEIRA; RICARDO SEIJI MATSUMOTO; RICARDO WAKIMOTO HIRATA; RODRIGO LUIZ FRIGOTTO; WILSTERMAN DE MOURA MARTINS.
CAPA: GILSON CAMARGO


PROVAS ESCOLHIDAS:

- TRF-3 (Tribunal Regional Federal da 3º região) - FCC - 2007;

- DNIT (Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes) - FJPF - 2006;

- PETROBRÁS - CESPE - 2007;

- INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) - CESPE - 2006;

- ELETRONORTE - UFRJ - 2006;

- TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4º região) - FCC- 2007;

- MPU (Ministério Público da União) - FCC - 2007;

- CEF (Caixa Econômica Federal) - CESPE - 2006;

- TCE-RO (Tribunal de Contas do Estado de Rondônia) - CESGRANRIO - 2007.
 


Segue abaixo uma questão resolvida para demonstrar como o material foi elaborado:

Assinale a opção correta acerca de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica em um sistema elétrico de potência.

A) Elos fusíveis do tipo H são dispositivos de proteção utilizados em subestações de sistemas de transmissão de energia elétrica. A atuação desses dispositivos depende da ação de relés de sobrecorrentes instalados para detectar a ocorrência de faltas no lado de uma linha de transmissão específica.

B) Circuitos de distribuição de energia elétrica utilizados em rede secundária do tipo subterrânea somente podem ser instalados na forma de arranjo radial simples.

C) Em um sistema de transmissão de energia elétrica, os taps sob carga em determinados transformadores de potência servem para controle de tensão e, como conseqüência disso, são utilizados como elementos para controle de potência reativa.

D) A capacidade de transmissão de uma linha CA em tensão igual a 500 kV é superior à capacidade de uma linha em 230 kV, porque, em 500 kV, as linhas são, em geral, mais longas, e alcançam pontos mais afastados entre centros de geração e de consumo de energia elétrica.

E) A geração de energia elétrica, normalmente, ocorre em tensão inferior a 15 kV, porque, para outros níveis muito mais elevados, o gerador deveria ser acionado a velocidades extremamente altas a fim de se obter a freqüência industrial adotada no Brasil.

Resolução:

Alternativa A – Incorreta: a proteção de subestações de sistemas de transmissão é realizada por meio de relés e não por meio de elos fusíveis tipo H, que são utilizados na proteção de linhas de sistema de distribuição. Além disso, a atuação de elos fusíveis não depende da ação de relés de sobrecorrente, mas apenas da corrente que circula através do elo fusível.

Alternativa B – Incorreta: não há restrições de tipo de arranjo a ser utilizado em instalações de rede secundária subterrâneas, cabendo ao projetista determinar o tipo de arranjo que tem o melhor custo-benefício de forma a se obter um nível de confiabilidade apropriado para o sistema.

Alternativa C – Correta: o uso de transformadores com taps para controle de tensão é uma prática comum. Uma vez que a potência reativa consumida por elementos do circuito (como as impedâncias reativas de linhas de transmissão, por exemplo) depende da tensão de alimentação, a variação do valor de tensão, por meio de uso de diferentes taps de um transformador, pode ser utilizada para o controle de potência reativa.

Alternativa D – Incorreta: a capacidade de transmissão não depende, apenas, do nível de tensão em que a mesma opera, mas também da capacidade de condução de corrente dos cabos utilizados. Logo, não se pode afirmar que uma linha de 500kV tem maior capacidade de transmissão do que uma de 230kV desconhecendo-se os dados dos cabos utilizados.

Alternativa E – Incorreta: a velocidade com que deve operar o gerador depende das características construtivas, do número de pólos da máquina e da freqüência de geração, não dependendo da tensão de geração. A razão por qual a geração de energia elétrica geralmente ocorre a tensões menores do que 15kV é o alto custo de isolação dos condutores para níveis de tensão mais elevados.

Alternativa C é correta.

17 - DOWNLOAD DE MAIS EXERCICIOS DEMONSTRATIVOS

18 - ÍNDICE

Comentários (0)

Fazer um comentário

Seu Nome:


Seu Comentário: Obs: Não há suporte para o uso de tags HTML.

Avaliação: Ruim           Bom

Digite o código da imagem:



Tags:

DIDATICA EDITORIAL - CNPJ 12.834998/0001-09 - Alameda Doutor Carlos de Carvalho, 655, Loja 11 - Centro - 80430-180 - Curitiba/PR - Telefones: (41) 3408-9972 - (41) 9702-0059 TIM - Funcionamento das 9:30 as 18 horas, em dias uteis - Lepchak Design

Assine nossa Newsletter