ENGENHARIA MECÂNICA - Questões Resolvidas e Comentadas de Concursos (2006-2007) - 2º VOLUME

ENGENHARIA MECÂNICA - Questões Resolvidas e Comentadas de Concursos (2006-2007) - 2º VOLUME

Fabricante: Didática Editorial
Modelo: MEC. 02
Disponibilidade: Em Estoque
Preço: R$ 89,90
Qtd:  

Especificação

Livros
Nº de Páginas 172
Formato do Papel A4 - 21x29,7 cm
Capa Colorida
Conteúdo Preto e Branco
Encadernação Brochura

Este material tem por objetivo servir de apoio para aqueles que prestam concursos públicos na área de Engenharia Mecânica. São 255 questões resolvidas e comentadas, todos referentes aos conhecimentos específicos, com o propósito de fazer com que o leitor entenda de forma clara e objetiva o assunto. Tendo em conta a dificuldade de encontrar material disponível na área e a extensa lista de conteúdos exigida para esses concursos, a intenção é que através deste material, o leitor consiga aprofundar conceitos, entrar em contato com o que está sendo exigido e se preparar para as provas escolhidas.

NÃO REPETIMOS QUESTÕES RESOLVIDAS E COMENTADAS DE OUTROS MATERIAIS ANTERIORMENTE ELABORADOS. AS QUESTÕES QUE INTEGRAM ESTE MATERIAL NÃO CONSTAM EM OUTROS MATERIAIS QUE JÁ FORAM LANÇADOS. DESTA FORMA, NA COMPRA DESTE VOLUME, NÃO HÁ REPETIÇÕES DE QUESTÕES JÁ RESOLVIDAS EM OUTROS VOLUMES.


DADOS DA OBRA

ELABORAÇÃO: GICÉLI SANTOS DE CAMARGO; MÁRCIO DE FREITAS.
COLABORAÇÃO: ALEXSANDER PRESLHAK; ANTÔNIO KOSLICK; PAULO ROBERTO CHIQUITO.
CAPA: GILSON CAMARGO


PROVAS ESCOLHIDAS:

- PETROBRÁS - PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - 2006 (CESGRANRIO);

- COMPANHIA DE ÁGUAS DE JOINVILLE - 2007 (SOCIESC);

- COMPANHIA DE ELETRICIDADE DO AMAPÁ - 2006 (UNAMA);

- INSTITUTO ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE E REC. HÍDRICOS DO ESPÍRITO SANTO (IEMA/ES) - 2007 (CESPE);

- PETROBRÁS TRANSPORTES S. A. (TRANSPETRO) - 2006 (CESGRANRIO);

- COMPANHIA HIDRELÉTRICA DE SÃO FRANCISCO (CHESF) - 2007 (UFRJ);

- POLÍCIA CIVIL DE PERNAMBUCO - 2006 (IPAD).


Segue abaixo um exemplo de questão resolvida para demonstrar como o material foi elaborado:

41. Observe as afirmações a seguir acerca de uma bomba centrífuga e assinale a única incorreta.
(A) A determinação da vazão máxima permissível da bomba de um sistema é obtida pela interseção das curvas de NPSH disponível versus vazão e de NPSH requerido versus vazão.
(B) O aumento da vazão implica o aumento do NPSH disponível e a redução do NPSH requerido.
(C) O NPSH requerido em função da vazão é fornecido pelo fabricante da bomba e pode ser reduzido com a utilização de pás guias na entrada do impelidor, gerando, assim, uma pré-rotação, ou ainda através do uso de um rotor axial colocado na frente do impelidor convencional de uma bomba.
(D) Como, em regra, a vazão e a carga são proporcionais à rotação e ao seu quadrado, respectivamente, para um mesmo ponto de trabalho, é preferível usar rotações altas, pois conduzem a bombas menores.
(E) Utilizam-se rotações baixas em situações onde as condições de sucção são desfavoráveis porque o NPSH requerido varia com o quadrado da rotação.

Resolução:

Alternativa A – Correta: a intersecção dos NPSH’s no gráfico em função da vazão fornece o valor da vazão máxima permitida pela bomba, sendo o NPSH disponível obtido em função da instalação e o NPSH requerido em função do fabricante da bomba.

Alternativa B – Incorreta: quanto maior for a vazão da bomba e a altura de sucção negativa, maior será a possibilidade da bomba cavitar em função do NPSH. O NPSH requerido depende das características da bomba. É determinado em seu projeto de fábrica, através de cálculos e ensaios de laboratório e é fornecido pelo fabricante da mesma. É a energia necessária para vencer as perdas de carga entre a conexão de sucção da bomba e as pás do rotor, bem como criar a velocidade desejada do fluido nestas pás. Alterações na geometria das pás do rotor assim como a adição de um rotor axial na frente do impelidor promovem a redução do NPSH requerido. Já o NPSH disponível é uma característica da instalação hidráulica. É a energia que o fluido possui num ponto imediatamente anterior à flange de sucção da bomba, acima da sua pressão de vapor.

Alternativa C – Correta: ver comentário da alternativa B.

Alternativa D – Correta: a vazão, a carga e a potência são proporcionais à rotação, ao seu quadrado e ao seu cubo, respectivamente. Altas rotações implicam em maior potência e, consequentemente, em bombas menores.

Alternativa E – Correta: O NPSH requerido é a pressão absoluta mínima por unidade de peso, a qual deverá ser superior a pressão de vapor do fluido bombeado na sucção da bomba (entrada do rotor) para que não haja cavitação. Logo, por ser pressão, varia com o quadrado da rotação. Casos em que a sucção seja desfavorável, é recomendável a utilização de rotações baixas, o que implica em potências menores e bombas maiores.

Alternativa B é incorreta.

29 - DOWNLOAD DE MAIS EXERCICIOS DEMONSTRATIVOS

30- ÍNDICE

Comentários (0)

Fazer um comentário

Seu Nome:


Seu Comentário: Obs: Não há suporte para o uso de tags HTML.

Avaliação: Ruim           Bom

Digite o código da imagem:



Tags:

DIDATICA EDITORIAL - CNPJ 12.834998/0001-09 - Alameda Doutor Carlos de Carvalho, 655, Loja 11 - Centro - 80430-180 - Curitiba/PR - Telefones: (41) 3408-9972 - (41) 9702-0059 TIM - Funcionamento das 9:30 as 18 horas em dias uteis - Lepchak Design

Assine nossa Newsletter